Daisypath Vacation tickers

Daisypath Vacation tickers

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

A compra do carro

Estamos há duas semanas em Montreal e já conseguimos comprar nosso carro. Na verdade, compramos na primeira semana aqui, mas só o pegamos ontem. Visitamos duas concessionárias, a Kia e a Dodge, e optamos pela Dodge por ter o carro com as características que queríamos por metade do preço dos carros da Kia.

Fomos lá, escolhemos o carro, os acessórios, pneus de inverno (obrigatório o uso de 15 de dezembro a 15 de março de cada ano) e o vendedor nos perguntou como pagaríamos. Eu disse que daríamos 40% de entrada e gostaríamos de financiar o restante. Então ele começou a me fazer umas perguntas para saber se eu poderia ter o financiamento aprovado. O vendedor me levou então pra falar com o cara que faz a parte financeira da loja. Ele me perguntou quanto tempo eu estava em Montreal, se já estávamos trabalhando, essas coisas. Eu disse que estavávamos aqui há uma semana apenas e que não tínhamos trabalho. Ele me olhou com uma cara de pena e disse: "Acho que o banco não vai aprovar seu financiamento, porque vocês não trabalham e não teriam como provar renda". Nesse momento eu respirei fundo e comecei a explicar pra ele o programa de financiamento do Scotia Bank para imigrantes, falei todos os detalhes do plano que se chama "Bon début", em que a pessoa paga 40% do veículo à vista e o resto pode ser financiado em até 60 meses, sem necessidade de comprovação de renda ou trabalho. O cara ficou me olhando sem acreditar!!! Ele, que era responsável pelos financiamentos da loja, não sabia desse programa do Scotia! me pediu para aguardar até o dia seguinte pois iria verificar junto ao banco.

No dia seguinte me ligou todo sorrisos dizendo que o programa realmente existia e que meu financiamento tinha sido aprovado! Então eu só deveria passar novamente na loja para levar cópias de alguns documentos necessários para o processo (na verdade, o único documento que temos até agora é um papel que recebemos no aeroporto confirmando nosso status de residente permanente). Depois me pediu para providenciar o seguro do carro, pois aqui nenhum carro pode sair da loja sem seguro. O seguro é obrigatório, inclusive exigido pela polícia se você for parado por ela na rua!

Providenciamos tudo até terça e ontem pegamos o carro. Tão lindo!!! Durante todo esse processo eu tive um momento de grande, grande emoção! Quando o vendedor estava me mostrando os detalhes do carro, no momento em que o estávamos recebendo, ele conectou o bluetooth do carro ao do meu celular e eis que de repente começa a tocar uma música linda, da melhor banda do mundo, direto da lista de músicas do meu celular. Alguém adivinha de quem era a música? Chiclete com Banan, é claro!!! Como eu não estava esperando, fiquei muito emocionada e gostei do carro mais ainda!!! Agora posso ouvir no carro as mais de 1.000 músicas do Chiclete que tenho no meu celular, sem precisar sequer ligá-lo, basta o telefone estar dentro do carro! É demais!!!

Hoje fomos ao órgão do governo (como o Detran) para registrar e emplacar o carro. Acabamos não fazendo porque faltou um documento, mas achamos bem interessante o processo. É uma sala pequena onde nos atendem, mostramos os documentos da compra do carro, pagamos $1.800 dólares (cheque dado pela concessionária) e saímos de lá com uma placa na mão para instalarmos no carro, bastando prendê-la com parafusos. Ou seja, nada de pátios lotados de carros para serem vistoriados, nada de lacres de segurança ou pessoa especializada em colocar placas. Até isso segue a premissa do faça você mesmo!!!

Em duas semanas aqui, sem emprego e sem nenhum documento canadense conosco (somente uma cópia tosca que recebemos no aeroporto) já somos proprietários de um carro zero e de uma dívida de 5 anos!!!

4 comentários:

  1. Parabéns pelo novo carro! Agora vai ser bem mai fácil né.. por mais que o transporte publico funcione bem.. nada se compara ter a liberdade de ir e vir no seu proprio carrinho.
    Felicidades pra vcs aí.
    Beijaoo

    Monique

    ResponderExcluir
  2. Parabéns!!
    Espero que, se necessário, também possa ter essa felicidade!
    Abraços
    Cleuber

    ResponderExcluir
  3. Gardene.
    O seguro obrigatório aqui já existe a muito tempo.
    Não é coisa de primeiro mundo, porém fazer dois seguros é coisa do Brasil.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  4. luiz armando l campiao12 de setembro de 2011 22:33

    Caramba, isso que é carro, hein! Compre um aí pra mim e manda por sedex 10! Saudades de vocês

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e pelo comentário. Feedbacks são sempre bem-vindos.
Abraço!