Daisypath Vacation tickers

Daisypath Vacation tickers

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Viajando de Montreal à New York de ônibus

Em fevereiro deste ano fiz uma viagem a New York com minha amiga Eleonora, que veio do Brasil me visitar aqui em Montreal. Fomos de ônibus e voltamos de avião e passamos o final de semana lá.

O que quero relatar é sobre a viagem de ônibus. É um trajeto de 600 km que de ônibus é feito em torno de 8 horas (já contando as paradas na fronteira para fazer a imigração e a parada em Albany). O ônibus sai do Gare d’Autocars de Montreal, que fica perto da estação de metrô Berri-Uqam e para no Port Authority Bus Terminal, na 42 Street com a 8ª avenida, em Manhattan.

Pois bem, optei por comprar as passagens direto no site do Gare d’Autocars de Montréal (http://www.gamtl.com), pois oferece os horários das duas empresas que fazem o trajeto (a Greyhound http://www.greyhound.ca e a Adirondack http://www.trailwaysny.com). Os preços são os mesmos ($ 86,50 ida e $ 144,00 ida e volta), mas há desconto para compras com antecedência. Comprando as passagens no site faz-se necessário emitir o bilhete lá no Gare d’Autocars (rodoviária) e é preciso ter em mãos o cartão de crédito que efetuou a compra.

As opções de horários são bem variadas e escolhemos viajar ás 23:00h, pois poderíamos dormir durante a viagem toda (doce ilusão) e chegar cedinho em NY. As passagens não possuem assento marcado. É primeiro a chegar, primeiro a sentar. Faz-se uma fila de espera no local de parada do ônibus e caso este fique lotado, deve-se esperar o próximo. Conseguimos entrar no ônibus das 23h. As poltronas não são das mais confortáveis que já experimentei, mas dá para dormir (o que não é difícil pra mim, pois eu durmo em qualquer meio de transporte!). Uma coisa boa no ônibus é que tem wi-fi gratuito, então dá para passar o tempo na internet. Mas eu dormi logo que o ônibus deixou a rodoviária.

À meia noite já chegamos na fronteira com os Estados Unidos. Lá todo mundo tem que descer do ônibus pra fazer a imigração. Deve-se descer somente com a bolsa de documentos. A bagagem fica toda dentro do ônibus. Depois de feita a entrevista pelos oficiais da imigração, nós somos levados em grupo de 3 ou 4 pessoas até o ônibus para que eles inspecionem a bagagem. Mas isso é aleatório. No nosso caso, não fomos sorteadas para a inspeção! Essa parada dura em torno de 40 minutos. E aquele soninho que tínhamos começado quando embarcamos foi interrompido pela primeira vez.

A segunda parada foi mais demorada e mais chata (por incrível que pareça). O ônibus para na rodoviária de Albany para entrada e saída de passageiros. Lá é preciso descer com toda a bagagem, pois troca-se também de ônibus. Chegamos lá em torno de 3h da madrugada e a parada durou quase uma hora. Como viajamos em fevereiro, estava muito frio, o que não era nada agradável ficar sentada numa cadeira desconfortável na rodoviária a essa hora e tremendo de frio. Meu soninho foi interrompido pela segunda vez e, para piorar, a cadeira que peguei no novo ônibus estava com defeito e não reclinava. Dormi muito mal o restante da viagem.

Chegamos a New York às 7h da manhã, com sono, doloridas por causa do desconforto da poltrona do ônibus, mas felizes! Afinal, estávamos em Nova York e iríamos passar todo o fim de semana naquela terra que adoramos! E o melhor, iríamos fazer o trajeto de volta à Montreal de avião!!!

Vale a pena fazer essa viagem pelo preço, mas é bem desconfortável!!!

3 comentários:

  1. Querida, achei cansativa demais essa viagem. Depois de ler tudo que passaram acho que não encarava. Melhor economizar e ir e voltar de avião mesmo. Abraços, Nanda

    ResponderExcluir
  2. ooiii!!! estou indo visitar parentes em montreal no começo de janeiro /2015... pensei em visitar ny dps com uma amiga,.... v sabe algo sobre fazer esta percurso de trem??????????? obrigada!

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e pelo comentário. Feedbacks são sempre bem-vindos.
Abraço!